Diego A. Salcedo

A imagem tem sido utilizada como um recurso discursivo que informa, comunica, controla e interpela o indivíduo, modifica seu mundo e tem papel importante na construção da realidade social. Ela retrata, cada qual a sua maneira, o cenário “real” lacaniano e os espaços e tempos sócio-culturais. Este artigo propõe que é possível representar e identificar esse cenário, também, por meio das iconicidades presentes nos selos postais. Perpassa questões da imagem enquanto objeto teórico. Dá continuidade à inserção do selo postal no âmbito acadêmico à luz de distintos e diversos conceitos.
Palavras-chaves: Cultura visual. Imagem. Filatelia. Modernismo. Selo postal.
Compartilhe