Diego Salcedo, Májory Miranda e Stphanie Grimaldi

O presente trabalho estruturou a informação filatélica a partir de trinta e dois selos postais brasileiros com a abrangência comemorativa emitidos durante o século XX com a temática “Pernambuco”, tratando de seus aspectos históricos e culturais. Para construção dos resultados, utilizou como instrumento um mapa conceitual, proposto por Novak, com aplicação da teoria do conceito proposta por Dahlberg e considerou a organização da informação, a representação da informação e o fluxo de informações. O procedimento ampliou a leitura de narrativas históricas e mnemônicas de documentos filatélicos. Tornou possível, após a relação entre os conceitos e um conhecimento prévio acerca do assunto que o mapa conceitual representa, reconhecer facilmente os fluxos informacionais que existem na representação conceitual. Os resultados foram a identificação, representação do fluxo informacional e, principalmente, a visibilidade da informação de um acervo que deve ser rememorado pela cultura pernambucana e brasileira. A produção de recursos habilitados à organização promoveu novas experiências de uso e percepção da informação.

Palavras-chave: Filatelia. Informação. Mapa conceitual. Memória. Selo postal.

Leia mais

Compartilhe